Follow @MarthaTaruma

domingo, 16 de janeiro de 2011

São Pedro da Serra - Lumiar e Boa Esperança

Sou moradora de São Pedro da Serra, há 20 anos. Na última terça feira, vi a maior chuva de toda a minha vida. Passamos a noite limpando o córego ao lado de minha casa, que virou um rio caudaloso. Pela manhã não vimos o primeiro ônibus descer, e depois sentimos a ausência do primeiro a subir, estavamos sem luz desde a madrugada, o tel. havia ficado mudo, e o celular sem sinal...coisas até comuns em São Pedro da Serra. Mas as horas passaram e nada acontecia. Então as pessoas começaram a chegar na rua. Um rádio apareceu, e foi assim, que na venda da esquina da cidade, ouvimos que Friburgo já não era mais uma cidade...Haviam morrido muitos, prédios caídos, desespero. Na fte. do Tutu com Torresmo aparecera durante a noite, um enorme buraco no calçamento. Na Estr. Manoel Knupp uma outra cratera, para a bocaina, duas outras se abriram na estrada. Mas nenhuma morte. Nenhum desabrigado. O dia todo buscamos noticias. Na quarta feira, não havia mais velas a se comprar. A água estava racionada, abrem cedo e sem seguida fecham. A chuva dá breves momentos de sossego e retorna. O dia todo tentamos salvar o que havia nos congeladores, e toda a cidade cozinhava. Na quinta feira, ainda sem noticias reais dos acontecimentos, a estrada para Lumiar abriu, e então soubemos que lá tamb. como nós, nada de grave havia acontecido. As pessoas começaram a chegar atrás dos seus, pela Serra Mar - Casemiro de Abreu. Muitas pessoas de idade, crianças etc, começaram a sair da área. Na sexta pela manhã, o primeiro jornal chegou a São Pedro, jornal de quinta feira, e vimos as primeiras imagens. Na sexta, ontem, as 14h, meu cunhado Guto, chegou em São Pedro pela Serra Mar, com água, comida...para me resgatar. Minha irmã não conseguia parar de pensar, tentar entrar em contato, e como marido amoroso, cunhado querido, foi na direção que todos estavam saindo. Seguiu de Saquarema até a área de risco, vendo pela estrada, muita chuva cair, e carros e mais carros na direção contrária. Saímos de São Pedro às 14:30 h debaixo de muita chuva, chegamos por volta das 18h. Meu marido Veber permaneceu lá, pra tentar ser útil e ajudar, mas na promessa de que se as coisas piorarem, sair de lá. Deixo aqui meu relato, para os parentes que estão nas buscas de noticias da região de Lumiar, Boa Esperança, Benfica, São Pedro, Vargem Alta, posso dizer que nessas localidades não há mortos, nem desabrigados. As necessidades existem. Sem água, luz, tel. cel. gasolina, vela, etc. Chegando em Saquarema vi as primeiras cenas da tragédia pela TV e fiquei em estado de choque. Com certeza, teremos amigos e conhecidos mortos nessa que foi a pior tragédia da serra, pois ainda irá demorar muito pra gente ter noticias de todos que estavam, moram ou passeavam em Nova Friburgo. Deixo aqui um apelo, podendo ajudem! Tudo é necessário para reconstruir essa cidade. Quanto aos distritos mencionados, estamos aguardando o fim do caus, para que cheguem em nossas localidades e restabeleçam os serviços. Mas todos que lá estão, sabem e compreendem a prioridade de ajudar aos que mais precisam. Aos meus amigos, Galera, tô viva!! e tenho uma "super" familia!

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Mais um CD com a minha voz!

2010 acabou! mas antes do fim, fiz mais um trabalho, cantando músicas de outra pessoa: JOSÉ TIMÓTHEO. Um trabalho que fluiu fácil, mas nem por isso, menos elaborado. Foi um grande prazer interpretar as canções desse compositor, que passeia pelo sertanejo, toada, samba, enfim, pelo que há de melhor da MPB. O CD ficou pronto em menos de 2 meses, e ver na contra-capa meu nome, me deixou sem dúvida, feliz! Estamos trabalhando numa parceria agora, que creio que dará bons frutos. Agora é esperar o autor disponibilizar alguma canção, pra poder fazer o link por aqui. Por enquanto é só para a Diretoria! Mas acreditem, quem se liga em música, ainda irá ouvir falar em José Timótheo.
Ocorreu um erro neste gadget